Tingimento de Tecidos

O tingimento é um processo no qual se colorem fibras utilizadas nas indústrias têxteis, de papel etc. As fibras podem ser naturais como o algodão ou artificiais como o poliéster.

Ao tingir a fibra, o corante se integra a ela. Esta é a diferença entre tingimento e pintura. A pintura é apenas um revestimento superficial.

Neste kit os alunos utilizam chás como corantes e observam os resultados ao tingir diferentes fibras. O uso de mordentes, íons metálicos em solução que funcionam como fixadores, também é estudado.

O processo de tingir, com ou sem o uso de fixador, depende das interações intermoleculares entre corante e tecido e/ou corante-fixador-tecido. Diferentes tipos de fibras irão interagir melhor ou pior de acordo com a estrutura química da molécula do corante.

Fibras que podem formar ligação de Hidrogênio irão interagir melhor com corantes que também têm essa capacidade, do que com corantes formados por moléculas apolares, resultando em uma cor mais bonita e mais resistente.

Através de um experimento simples os alunos são levados a discutir estas questões e, como resultado, a compreenderem que a Química estuda a estrutura das substâncias e suas interações, e que as propriedades dos materiais que utilizamos, seja ele qual for, é resultado de interações químicas.